• Íkaro Fontenele | @ikaro_fontenele

6 práticas recomendadas para ter sucesso em seu processo de Fusões e Aquisições - M&A




No texto anterior, tecemos algumas considerações sobre a estratégia de negócios denominada “Fusões e Aquisições”, que vem impactando diversas empresas no Brasil e no mundo.


Conforme abordado na ocasião, o case da Magazine Luiza foi o melhor exemplo de que a sua empresa não precisa ser grande para fazer uma boa estratégia de M&A, visto que, quando a Magalu começou, ela enfrentava as mesmas dificuldades do pequeno comércio, falta de recurso financeiro, concorrência, e era um pedaço pequeno do que se tornou hoje.


Dessa forma, hoje nós vamos apresentar aqui 6 práticas recomendadas para ter sucesso em seu processo de “Fusões e Aquisições”.


Principais vantagens das Fusões e Aquisições


Antes de iniciarmos com as práticas aconselhadas, é importante destacar as suas principais vantagens e desvantagens, principalmente analisando se essa operação está alinhada com o propósito da sua empresa.


O primeiro benefício é quanto a uma melhoria da eficiência, que geralmente está relacionada à existência de economias de escala, ou seja, na capacidade de uma empresa obter economia de custos, que decorre da agregação e/ou reorganização da produção ou redução de custos fixos, reorganização das atividades de distribuição e marketing e gestão de redução de custos.


Outro benefício é um aumento significativo da share de mercado, podendo haver um aumento de rentabilidade, aumento dos preços e respectivos lucros, sem falar do público interno (acionistas, gestão e colaboradores), que poderá obter um aumento salarial; reestruturação interna ativa, espaço para novos colaboradores e grandes possibilidades de inovação em todos os aspectos da empresa.


Principais desvantagens das Fusões e Aquisições


Como qualquer outra operação que traga mudanças significativas nos processos de uma empresa, a Fusão ou Aquisição também podem apresentar alguns desafios.


A depender do plano de negócios após a Fusão ou Aquisição, podem ocorrer demissões em grande escala. Isso se deve pelo fato de na Aquisição resultar no na mudança da cultura interna e gerência. Dessa forma, é preciso ter em mente que esse processo pode resultar no fechamento de setores e na execução de uma série de ajustes que podem gerar resistência interna e demissões.


Se houver erro na execução, a sua marca pode perder força e o posicionamento da empresa no mercado pode causar confusão para o consumidor. Isso se deve por ocorrer o encerramento da empresa adquirida.

6 práticas recomendadas


1 – Antes de tudo, elabore um plano de execução estratégico. Com ele, você conseguirá determinar os objetivos principais do processo de M&A, determinará os produtos e tecnologias alvo, analisará os riscos futuros, buscará conhecer mais a sua empresa, determinará quem participará desse plano e definirá os prazos.


2 - Mapeie empresas pequenas do seu setor. Busque empresas que possam agregar no seu modelo de negócios ou que ofereçam algo que você ainda não oferece.Elas podem ser ótimas opções para Fusões e Aquisições.


3 – Aproxime-se de incubadoras. Muitas vezes startups em fases de incubação estão disputando o seu mercado e são ótimas opções para você fazer uma oferta, visto que ainda estão buscando fit (encaixe) com o mercado.


4 - Visite universidades. São locais em que você poderá encontrar pessoas muito talentosas, a um custo menos elevado, assim como poderá interagir com universitários que possuam empresas próprias, as quais podem ser boas opções para trazer uma cultura inovadora para seu negócio.


5 - Negocie com base na análise da empresa. Aqui os indicadores financeiros, operacionais e estratégicos da empresa são de fundamental relevância. O controle e a auditoria dos dados financeiros devem ser colocados à prova, pois eles mostram para o planejamento estratégico se vale a pena fazer ou não a fusão ou a aquisição estratégica.


6 - Due Diligence. Esse processo se refere ao processo de estudo, análise e avaliação detalhada de informações da empresa alvo da negociação. Sua importância se reflete principalmente na identificação de eventuais distorções relevantes, decorrentes das práticas empresariais, ligadas a aspectos financeiros, contábeis, previdenciários, trabalhistas, imobiliários, tecnológicos e jurídicos.


Desse modo, com a correta e clara definição do seu objetivo com aquela Fusão ou Aquisição, garantida também a precisão das informações obtidas com uma boa equipe jurídica, o seu processo de M&A será um sucesso.

19 visualizações